6 de ago de 2009

Reencontro de Almas

Ainda era dia quando te arrancaram de mim.
Meu corpo ainda queria receber o teu amor.
Ainda fazia sol, quando você se foi.
Juntos éramos 3. Unidos por Aquele que nos criou.
Não era hora de partir, nem você, nem eu queríamos isso.
Nosso amor estava engatinhando, nosso amor era real, puro, verdadeiro.
Como te amo ainda.
Eu pensei que era forte, como muitas vezes você insistia em falar, mas agora percebo o quanto sou frágil.
Meu mundo caiu, quando você partiu.
Não tenho mais aonde pisar, não tenho mais quem amar. (Eu não consigo).
Todas as coisas perderm o sentido, desde o dia que te perdi de mim.
Meu corpo pede o teu calor, mas você não está mais aqui para me amar.
Tua ausência faz jorrar em mim rios de lágrimas.
Nossa história não merecia um final trágico.
Nosso amor não merecia ficar assim.
Não fazíamos mal a ninguém.
Meu corpo, minha mente, meus desejos, minha alma anseiam te reencontrar (ainda não é o tempo, eu sei).
Queria voltar o tempo, e te deixar guardado dentro de mim, pra não te perder nunca mais.

Tô super melancolica, muito triste e tal.

4 comentários:

Ariadne Paixão disse...

Por mais que a melancolia seja meio pra baixo...ás vezes nos faz bem repensar na vida..

Adorei teu texto melancolico..Bjks

Elaine disse...

Olá!
Este é um comentário-convite.
Meu blog está completando neste mês um ano " no ar". Para celebrar e juntar gente interessante estou promovendo uma blogagem coletiva.
Ficarei feliz se você puder participar. Será um modo de divulgar seu espaço e conhecer outros blogs interessantes e que têm algo a dizer.
Conto por você.
O link para a inscrição é este:
http://elainegaspareto.blogspot.com/2009/08/convite-convocacao-pedido-promocao-ou.html
Elaine

Silvana Nunes .'. disse...

Navegando sem ruma com a intenção de divulgar o meu blog, cheguei até você e gostei do que vi, tanto que pretendo voltar mais vezes. No momento estou impedida de fazer leituras muito extensas, pois a claridade da tela do computador está prejudicando um pouco a minha visão, devo tomar cuidado. Em breve resolverei esse problema. Bem, já que estou aqui aproveito para convidar a conhecer FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER... em http://www.silnunesprof.blogspot.com
Eu como professora e pesquisadora acredito num mundo melhor, com menos violência, através do exercício da leitura e enquanto eu existir, vou lutar para que os meus ideiais não se percam.
Se gostar, siga-me.
Por hoje fico por aqui, Espero nos tornarmos bons amigos.
Que a PAZ e o BEM te acompanhem sempre.
Saudações Florestais !

Arruma Blog | Cria [em] Ação disse...

aaaam, bem as suas palavras não parecem assim tão ruins se comparados a outros blogs ai. Acho que seu post foi bem escrito.

Espero que mais e mais continue sendo escrito.