26 de jun de 2009

Michael Jackson


E lá se foi mais um astro, Michael Jackson representa sem dúvida alguma um divisor de águas no mundo da música. Mesmo com a vida pessoal conturbada, ele nunca deixou de brilhar, de influenciar, de incentivar muitas pessoas que tinham/têm vontade de se tornarem famosas.

Mas ele não era só um cantorzinho. Ele era um gênio do Pop, da música, sempre inovando.

Lógico que não acompanhei a vida dele, mas admiro bastante. Vejo-o como uma pessoa de garra, com determinação, afinal ser criança, negra em um país racista e conseguir alcançar êxito, vocês devem concordar comigo que ele nasceu pra brilhar.

Sem dúvida,, ele continuara brilhando, afinal, os astros nunca deixam de brilhar.



Bom final de semana a todos.



*Tomara que essa chuva pare logo*

2 comentários:

Thiago Almeida disse...

Espero que a midia mundial respeite tudo que ele fez pela música e deixe de lado as especulações e boatos. Fizeram isso com Elvis, deixaram de dar forte enfase a sua vida de drogas e alcool e salientam mais sua versatilidade no palco.

Sinto pela morte do Michael. Porém, sua obra já o imortalizou.


LUTO.

Deeh! * disse...

Concordo com você. O que ele criou, o que foi capaz de inovar fala muito mais do que os percalços da vida dele.